Vendas

Sell like a Rockstar: Como vender mais no perpétuo.

Rodrigo Vieira
Creative Header
7 minutos
de leitura

CRM para Lançamentos, Perpétuos e Serviços High Ticket.

1º CRM do Brasil 100% voltado para o mercado de Lançamentos, Perpétuos e Serviços High Ticket.

Conheça agora

Sell Like a Rockstar

Basta meia hora de youtube para se dar conta que os Infoprodutores são os novos Rockstars dessa geração. Thiago Nigro, Pedro Sobral e Érico Rocha são exemplos disso. 

Vem carregando verdadeiras legiões de seguidores, clientes e fãs por onde passam.

E como bons Rockstars, são disruptivos, polêmicos, inovadores e mais do que tudo isso, estão dispostos a te ensinar a se tornar um Rockstar também. E eles possuem as mais diversas formas de apresentar o produto do seu sucesso. Os Lançamentos.

Existem diversos tipos de lançamentos. Lançamento semente, lançamento interno, externo, meteórico, relâmpago, lançamento explosivo (se não tiver esse, devia ter, porque o nome é massa) e até o que nos interessa no papo de hoje, que é o tal do Lançamento Perpétuo.

Mas antes, vamos entender como o dinheiro circula dentro desse meio. Nos lançamentos pontuais, como O Semente, por exemplo.

Lançamento Semente

Nesta modalidade de lançamento, você foca em descobrir uma necessidade latente em uma audiência e trabalha através disso para criar um infoproduto que atenda esta demanda.

Ou seja, você começa a vender o produto antes dele existir. O produto é fruto de pesquisa feita durante uma das fases do pré lançamento onde o público cria o produto junto com você.

Esse tipo de lançamento é extremamente reativo. Tem o potencial incrível de criar conteúdo muito relevante e com uma taxa de aceitação muito alta. Já que o produto é praticamente "Taylor made", feito sob medida.

Mas ele é uma paulada. Em todos os sentidos. Uma paulada na quantidade de conteúdo que você tem que criar toda vez que for fazer um lançamento desse e uma paulada de faturamento se der tudo certo.

Também é desse tipo de lançamento que vem a estafa mental, o burnout e o colapso nervoso. Porque ele é muito puxado e muito intenso.

Mas e o caminho do dinheiro, como fica? De uma hora para outra entra um caminhão de dinheiro na sua conta e se você não for extremamente bem organizado financeiramente, a sua operação pode consumir todo esse dinheiro sem você notar, de uma hora para outra.

Refazendo a nossa analogia, é como se a sua banda fechasse um show em um Lollapalooza da vida, um grande festival. Grana alta, muita exposição e só!

E já que você é um Rockstar, quer viver tudo hoje e nada amanhã não é mesmo? 

Não cara, essa vibe de morrer aos 27 já era. A parada é ser como o Mick Jagger, tocar o fino do Rock and Roll desde 1962, até hoje em dia. E ainda sobra tempo para zicar o time dos outros com seu famoso pé frio (sim, ele é o real responsável pelo 7x1).

E é aqui que agradecemos a existência destes lançamentos pontuais, mas queremos que você olhe para algo mais seguro e recorrente, mas não menos lucrativo. Muito pelo contrário.

Lançamento perpétuo

Como um Rockstar consolida seus sucessos no mundo todo? World Tour é claro, uma turnê recorrente, com shows marcados com antecedência e Dim Dim caindo tranquilamente na conta. 

Dinheiro grande, recorrente, vindo do mesmo repertório que é apresentado da mesma maneira em cada nova cidade. Quando ele vai precisar criar um novo repertório? Provavelmente, daqui a alguns anos, no lançamento de um novo álbum, com novas ideias, novas visões.

E essa é a mágica do Lançamento Perpétuo. Ele é um lançamento onde o carrinho nunca fecha. O produto que você criou, fica ali disponível para sempre, só esperando novos clientes.

O seu trabalho é atrair e renovar a sua base para que eles cheguem até o produto.

 

Sem desespero, sem estafa, mantendo a cabeça saudável para desfrutar do seu sucesso com tranquilidade.

Uma única construção de conteúdo, uma única entrega, o resto é venda ativa.

A partir desse momento, ao invés de ficar maluco construindo infinitamente novos conteúdos, você consegue alterar o foco e começar a montar a tão sonhada MÁQUINA DE VENDAS.

Quer uma máquina de vendas? Me pergunte como.

Agora que você já entendeu que seu negócio precisa de lançamentos sementes para estourar e lançamentos perpétuos para escalar e te trazer a segurança do faturamento recorrente. 

Vamos tentar entender uma das milhares de formas de organizar esse caos.

Eu particularmente e imparcialmente, gosto muito de uma Plataforma de Otimização de Vendas e engajamento com clientes que está integrada com a Eduzz e a Hotmart, os dois maiores players do cenário de infoprodutores do Brasil. 

A Clint possui um SaaS completo, onde disponibiliza toda organização e coleta de dados de um CRM, aliado a cadências de vendas via Whatsapp, e-mail, Voip, mensagem gravada de voz e SMS, passagem de bastão entre todo time de vendas e follow-up completo dos clientes através de indicadores de sucesso.

RECEBA!!!

A etapa inicial é identificar as suas fontes de leads.

As suas "Origens" podem vir de diferentes formulários, como: Landing Pages, Bases que você mesmo sobe na plataforma ou até mesmo de forma automática via integração com o checkout da Eduzz ou da Hotmart.

É só fazer as integrações ou subir sua base tranquilamente.

O FUNIL AGORA É OUTRO.

A sua visão inicial será do funil de vendas completo.

É por aqui que seus leads serão qualificados por um time de SDR (Representante de pré-venda) até estarem aptos a serem abordados pelo seu time de vendedores.

Se você quiser, poderá optar por funis mais simples de vendas, o que importa é ter algo personalizado para a sua necessidade.

1, 2, 3.. CADÊNCIA.

Nesse momento você começa a conhecer o seu lead mais de perto. Essa etapa começa a reunir informações sobre o lead para que ele encaixe no seu ICP (Perfil de Cliente Ideal). 

A plataforma já conta com exemplos de discursos de vendas para você começar a vender no dia zero ou servir de base para construção do seu próprio pitch de vendas.

Aqui vem quem quer, avança quem pode. 

Como se você estivesse distribuindo uma pulseirinha na entrada do show, sabe? Você por aqui, você por ali. Selecionar para vender melhor. Quanto mais qualificado o lead, mais valioso é o cliente.

PIPELINE, O ROTEIRO DO SHOW.

Ninguém fica perdido no processo de vendas, no pipeline, você confere em qual estágio aquele lead se encontra. 

Além de poder acompanhar o andamento da pré-venda e da venda. Inclusive pode ouvir as reuniões de pré-venda que foram feitas pelo sistema de Voip direto pela plataforma e fazer correções junto ao seu time.

Enfim, existem ainda mais uma infinidade de recursos e funções que podem servir ao seu time de vendas. Conseguir operar uma Máquina de Vendas, vai significar com toda certeza a sua chegada a um novo patamar na sua carreira. 

Um patamar ainda mais profissional, próximo aos grandes nomes do mercado do infoproduto.

Tecnologia + Processos + Pessoas

Como o nosso CEO, André Bernert costuma dizer: A Clint não é nada sem pessoas. Nós oferecemos a tecnologia, ensinamos os processos, mas precisamos de pessoas como você, para fazer a diferença no mercado. 

Chegar até aqui nesse artigo e não dar o próximo passo é insano. Abrace o seu lado Rockstar Mick Jagger (sem o pé frio) e vem bater um papo com a gente. Vamos te ajudar a fazer seu negócio atingir patamares ainda maiores.

Abraço!

Oss.

Compartilhe esse conteúdo

Fazer lançamentos perpétuos aliados ao inside sales e um time de vendas é a chave para um lançamento de infoproduto escalável e previsível.

Fique por dentro de tudo.

Cadastre na nossa newsletter para ficar por dentro sempre que rolar algo novo por aqui.
Cadastro realizado com sucesso!
Oops! Alguma coisa deu errado, tente novamente.

treinamento online e gratuito

Dobre o seu resultado com vendas ativas em lançamentos, perpétuos e serviços high ticket.

Inscreva-se grátis

vagas limitadas